Rota 55 TV
Capa Destino Internacional

Zanzibar: a linda, exótica e charmosa ilha de Freddie Mercury

A Tanzânia é famosa por ser um dos melhores destinos para fazer safáris na África. Mas também é conhecida por oferecer praias lindas como as de Zanzibar, além de ter a montanha mais alta de todo continente, o monte Kilimanjaro. O país africano surgiu, em 1964, da fusão entre Tanganica e Zanzibar, que se uniram e formaram a República Federativa da Tanzânia.

Nessa matéria focaremos apenas na bela e exótica Zanzibar, ilha que mesmo que não tivesse sido privilegiada pela natureza, que lhe concedeu cenários esplendorosos, seria conhecida por ser a terra onde nasceu Freddie Mercury, o insuperável e saudoso vocalista da banda Queen. Zanzibar é um arquipélago do Oceano Índico com apenas duas ilhas e ilhotas na costa Nordeste da Tanzânia: Unguja (em suaíli) ou Zanzibar e Pemba e estão separadas do continente pelo canal de Zanzibar.

Foto por IStock/ Margarita Polyakova

Foto por IStock/ Margarita Polyakova

Apesar de menos conhecida turisticamente que as vizinhas Ilhas Maurício, tem atrativos naturais incríveis. Destaque para as praias de águas cristalinas e mornas, que estão entre as mais lindas do mundo. A coloração azul-turquesa do mar lembra muito o Caribe. Recifes de corais formam imensas piscinas naturais rasinhas. Enfim, um paraíso para os amantes de mergulho e kitesurf. Passeios de barco levam às ilhas próximas de Chapwani e Prison Island.

A praia Nungwi Peninsular é uma das mais populares do destino e tem uma fábrica de barcos e um aquário de tartarugas. Já a Mangapwani é a mais remota e por isso também a mais tranquila por não ser muito visitada. Ela é ornada por palmeiras e possui a atmosfera perfeita para quem quer apenas descansar.

Foto por IStock/ MariusLtu

Foto por IStock/ MariusLtu

Apesar de ter mais de 95% de população muçulmana, Zanzibar convive de maneira tranquila com os costumes ocidentais. Tanto que é comum ver mulheres trajando burcas e turistas de biquínis caminhando pelas areias das praias.

Cidade de pedra na Spice Island

Outro atrativo importante é a Cidade de Pedra (Stone Town), núcleo histórico da cidade e antiga capital do Sultanato de Zanzibar. Um verdadeiro tesouro de clarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco que guarda séculos de história.

Localizada na cidade de Zanzibar – capital do estado de mesmo nome-, tem charmosas ruas estreitas e labirínticas onde estão localizados mercados, lojinhas, museus, restaurantes e mesquitas. Suas casas antigas com pesadas portas de madeira entalhadas em estilo indiano e prédios coloniais abrigam recordações de um passado que sofreu influências de diversos povos dominadores – Índia, Pérsia, China, Portugal, Grã-Bretanha e árabes. O resultado de tamanha mistura foi a formação de uma cultura swahili única entre o povo Bantu – a população local.

Foto por IStock/ sansara

Foto por IStock/ sansara

Lá estão também um antigo palácio, uma casa de banho persa, uma mansão de pedra de coral e varandas de lattice e até uma escola onde pode-se ouvir as crianças recitando versos do Alcorão, o livro sagrado do Islã. A maioria das casas foram construídas no século 19, período em que a cidade era um dos mais importantes centros comerciais do Oceano Índico.

Zanzibar é dividida em duas partes e separadas por uma grande rua, a Creek Road: a Oeste a Cidade de Pedra e a Leste as áreas mais novas conhecidas como Ng’ambo com modernos bairros de classe média.

Por ser a parte mais antiga, a Cidade de Pedra exibe vários locais de interesse histórico e monumentos como o Beit el-Ajaib, um palácio construído por um sultão em 1883 e que atualmente funciona como um museu; o Antigo Forte, construído sobre as fundações de uma igreja portuguesa; e a Catedral de Cristo (anglicana), erguida em 1870 no local onde funcionou um grande mercado de escravos.

Foto por Istock/ miroslav_1

Foto por Istock/ miroslav_1

O roteiro de atrativos inclui ainda a Casa do Sonho, que foi construída em 1883 e usada como salão de festas para antigos sultões e que tem canhões portugueses do século 16; o templo hindi Shakti, uma casa religiosa que presta homenagens aos deuses indianos; a Catedral de São José (católica romana); o Mercado Municipal (o Darajani), a Casa da Paz e as ruínas do antigo Forte Árabe ou Forte Omani.

Caminhe sem pressa, apreciando os detalhes do rico passado histórico de Zanzibar. Repare no povo hospitaleiro em seu dia a dia e quando a fome apertar escolha um restaurante e aproveite a exótica culinária local. Os pratos típicos têm forte influência árabe, portuguesa e indiana, além da presença constante de frutos do mar. Para quem gosta uma boa opção é o Mercado de Frutos do Mar, ponto de encontro de turistas no final da tarde.

Foto por IStock/ Africanway

Foto por IStock/ Africanway

A gastronomia da ilha tem aromas perfumados pelas especiarias utilizadas. Zanzibar também é chamada de Spice Island por produzir temperos como baunilha, noz-moscada, pimenta, açafrão, canela, cardamomo, gengibre e cravo, entre outros. Quem quiser conhecer mais pode contratar o spice tour até as fazendas para ver de perto como é realizado o cultivo das especiarias.

Como chegar 

Não há voos diretos do Brasil para a Tanzânia. A rota mais curta é tomar um voo em São Paulo com destino a Joanesburgo (África do Sul). South African Airways – SAA e LATAM têm voos diretos com 8h30 de duração. A SAA oferece a conexão para Zanzibar com a empresa low cost Mango, mas com pernoite na ida e na volta. O voo até a ilha tem 3h de duração. Outra possibilidade é ir para Dar Es Salaam, principal cidade tanzaniana, com a SAA ou com a Emirates – conexão em Dubai; Qatar Airways – conexão em Doha; ou Turkish Airlines – conexão em Istambul. Em seguida, tome um voo doméstico da Coastal Aviation para Zanzibar ou faça a travessia via ferry boat. Também é possível fazer uma conexão com a SAA para Nairóbi (Quênia) e depois com uma empresa parceira até Zanzibar. Nesse caso dá para aproveitar os dois destinos.

Gastronomia 

Exótica e rica em frutos do mar, a culinária de Zanzibar sofreu influências de vários povos ao longo do tempo.

The Rock

Zanzest Beach Bungalows

Kambakocho Bar & Beach Restaurant – tel. (+255) 776 676 782

Lukmaan – tel. (+255) 777 482 131

Taarab 

Bistro’ del Mar

Onde ficar 

Na Tanzânia os visitantes têm grande variedade de opções de acomodações – inclusive lodges luxuosos. Em Zanzibar, os principais hotéis ficam na região Norte, enquanto na costa Leste estão os menores e os mais exclusivos.

Chumbe Island Coral Park 

Anna of Zanzibar 

Essque Zalu Zanzibar

Diamonds La Gemma dell’ Est

Dhow Palace Hotel

Manta Resort

Fonte: Qual Viagem
Texto por: Tino Simões

Matérias relacionadas

12 lugares lindos para visitar perto de Sintra

rota55tv

6 destinos especiais para ir na Semana Santa

rota55tv

Alcatrazes e São Sebastião: o espetáculo da natureza no litoral paulista

rota55tv

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Mais

Privacidade