Vinci Airports inicia requalificação da pista principal do Aeroporto de Salvador


Em 2016 aéreas nacionais transportaram 7 milhões a menos de passageiros

A Vinci informa que as companhias aéreas que operam no Aeroporto foram comunicadas antecipadamente a respeito das intervenções, a fim de mitigar possíveis impactos aos passageiros

A pista principal do Aeroporto de Salvador (10/28) entrou em obras de requalificação nessa quarta-feira (12). O objetivo é a melhoria da infraestrutura e aumento da segurança e conforto das operações. As intervenções fazem parte das exigências do Contrato de Concessão do Aeroporto de Salvador e a conclusão dos serviços na pista principal está prevista para o mês de outubro de 2019.

A Vinci Airports deixa claro que a pista 10/28 já opera de acordo com as exigências da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Só que a requalificação atribuirá mais eficiência e segurança às operações, dentro dos padrões internacionais, e aumentará a vida útil da pista, reduzindo assim a necessidade de serviços de manutenção corretiva e seus impactos.

As obras foram divididas em três etapas, com o objetivo de causar menor impacto às atividades do Aeroporto. Nas duas primeiras fases, pousos e decolagens ocorrerão normalmente. Não será necessário fazer o fechamento total da pista, apenas parcial.

A primeira etapa das intervenções começa nesta quarta-feira (12), tem duração de quatro meses e deve ser concluída em janeiro de 2019. Esta fase contempla recapeamento, melhorias no acostamento e na sinalização horizontal, ajustes na faixa de pista e implantação da área de segurança de fim de pista (RESA). A inicial prioriza os 900m finais da pista e está sendo executada durante o período diurno, das 7h30 às 17h30.

Desta forma, os voos internacionais não serão afetados por conta da intervenção, uma vez que operações com aeronaves de grande porte acontecem geralmente no período noturno, momento em que a 10/28 estará com sua extensão totalmente disponível. Ainda assim, haverá intervenção também na taxiway A, uma das pistas destinadas à movimentação das aeronaves, paralela à área de pousos e decolagens.

A segunda fase das intervenções físicas será do mês de janeiro até abril de 2019, concentrada nos 900m iniciais da pista principal. A terceira fase, por sua vez, será entre os meses de maio a agosto do mesmo ano e concentrará as atividades na parte central da pista. A Vinci informa que as companhias aéreas que operam no Aeroporto foram comunicadas antecipadamente a respeito das intervenções, a fim de mitigar possíveis impactos aos passageiros.

Adicionalmente às obras previstas no Contrato de Concessão, ainda no mês de setembro, nos dias 25, 26, 27 e 29, serão realizados serviços de manutenção programada na pista principal. Serão feitos serviços de remoção de borracha e recuperação asfáltica manutenção do sistema de balizamento e revitalização da sinalização horizontal. Estes serviços acontecem entre 2h e 6h da manhã, momento em que a pista 10/28 estará fechada;

Fonte: Mercado & Eventos

Previous ABIH Nacional e ABIH-GO iniciam preparativos para Conotel 2019
Next ABR promove workshop Mice exclusivo para gestores de eventos

Suggested Posts

Das agências com edição do DT A Emirates introduziu novos brinquedos da coleção Fly with Me, da Emirates, e do kit de atividades Lonely Planet Kids. A nova linha contará com os quatro principais personagens escolhidos após uma votação nas redes sociais. Dos 17 personagens que a Emirates introduziu nos últimos três anos, os quatro …

0 19

Aruba realiza pela primeira vez a Maratona Internacional KLM A ilha de Aruba se prepara para receber a 1ª edição da Maratona KLM Aruba. O evento acontece no dia 3 de junho e os corredores poderão escolher entre os percursos de 5, 10, 21 e 42Km. A corrida, patrocinada pela KLM Royal Dutch Airlines, está …

0 11

Membros com mais milhas acumuladas ganham acomodações em voos, hotéis e entrada em eventos O Emirates Skywards, programa de fidelidade da companhia aérea, atingiu os 20 milhões de membros no fim de fevereiro. O serviço registra milhas acumuladas dos clientes referentes ao valor de suas viagens, transformando-as em crédito. O programa recebe cerca de 220 …

0 6

Comentários