MSC Cruzeiros levará mais de 3 mil brasileiros para Martinica na temporada


Jean-Philippe Perol, diretor da Cap Amazon e Adrian Ursilli, diretor geral da MSC no Brasil

Jean-Philippe Perol, diretor da Cap Amazon e Adrian Ursilli, diretor geral da MSC no Brasil

SÃO PAULO – A MSC Cruzeiros reuniu agentes de viagens parceiros nesta quinta-feira (13) para apresentar detalhes da temporada 2018-2019 na ilha francesa de Martinica, no Caribe. Este é o quarto ano consecutivo em que a armadora terá um navio com saídas do destino, desta vez, a bordo do MSC Preziosa, que conta com o Yacht Club, área de luxo dos navios da MSC.

“O fato de MSC escolher Martinica como ponto de saída dos cruzeiros comprova todos os pontos positivos da ilha, como infraestrutura, padrão de saúde e segurança elevados, o que corresponde ao que o cliente quer. Esses são critérios super importantes na escolha do destino”, destaca Jean-Philippe Perol, diretor da Cap Amazon, representante de Martinica no Brasil.

Assim como nas últimas temporadas, os clientes brasileiros poderão contar com um voo charter da Gol, que fará a rota direta entre São Paulo e Martinica. A operação será realizada por um Boeing 737-800, com capacidade para 177 passageiros. Ao todo serão 17 frequências, garantido um fluxo de 3.009 cruzeiristas brasileiros para a temporada. O número é superior ao de turistas brasileiros recebidos pela ilha anualmente para outras atividades turísticas.

“Temos brasileiros que vão para o Club Med, outros para aluguel de veleiro e o terceiro tipo -que vai para cruzeiro. Hoje sem contar os cruzeiros devemos receber cerca de 1,5 mil brasileiros por ano. É um número pequeno, mas nossa ambição e promover o destino ao ponto que ele passe a contar com uma ligação direta”, salienta Perol.

Durante estas quatro temporadas, Martinica já recebeu mais de 12 mil passageiros brasileiros com o voo charter da Gol, fretado pela MSC, o que mostra uma consolidação do produto no mercado, como destaca o diretor geral da MSC Cruzeiros no Brasil, Adrian Ursilli.

“A MSC entendeu que era necessário garantir a logística através de um charter aéreo. Encontramos na Gol uma empresa muito leal e comercialmente disponível. Estamos no quinto ano de parceria, o primeiro para República Dominicana e os últimos quatro para Martinica. E agora temos um produto consolidado e fazemos este evento pelo quarto ano para mostrar que é um sucesso. Começamos com o MSC Musica, depois o Fantasia e agora o Preziosa. Então percebemos uma evolução e a tendência é aumentar a oferta aérea”, afirma.

O aumento da oferta já está em negociação com a Gol para a temporada 2019-20. Para isso a MSC espera que a aérea disponibilize o Boeing 737-800 Max 8, com capacidade para 186 assentos, o que garantiria uma oferta de 153 cruzeiristas brasileiros a mais para a temporada.

Estamos com a expectativa de aumentar. Estamos negociando o contrato com a Gol para 2019 e se puder com um aumento de oferta. Devemos fechar isso nos próximos dias e anunciar a temporada 2019-2020”, reforça o executivo.

Adrian Ursilli, diretor geral da MSC Cruzeiros no Brasil: "Estamos negociando o contrato com a Gol para 2019 e se puder com um aumento de oferta"

Adrian Ursilli, diretor geral da MSC Cruzeiros no Brasil: “Estamos negociando o contrato com a Gol para 2019 e se puder com um aumento de oferta”

Expansão no Caribe

Com a inauguração do MSC Seaside, em dezembro de 2017, a MSC deixou claros os seus planos de ampliar sua participação na região. Além do novo navio, a armadora ainda tem outros quatro na região, sendo três no Caribe Norte (Americano) e o Preziosa em Martinica, no Caribe Sul.

No ano que vem esta oferta crescerá para seis navios, com a chegada do MSC Meraviglia região. Em 2019, a armadora também terá outra grande atração na região com a inauguração de seu ilha, a Ocean Cay.

“Vamos ter cinco navios no Caribe. No ano que vem adiciona-se o MSC Meraviglia, que fara roteiros a partir de Nova York, totalizando seis navios. Então o brasileiro que embarca com a gente no Mediterrâneo agora conta com grandes opções para o Caribe. Para 2019 ainda esperamos a inauguração da nossa ilha, que vai consolidar nosso plano de expansão, e estes seis navios vão parar lá. Teremos muitos investimentos no Caribe”, completa Ursilli.

Fonte: Mercado & Eventos

Previous Sete museus nacionais para completar sua viagem
Next Qatar Airways revela condições para uma possível aquisição da Air India

Suggested Posts

Comandante Ivan Carvalho, diretor de Segurança Operacional da Azul Azul e PUC-RS inauguraram, nesta quinta-feira (23), uma sala de estudos na Escola Politécnica da Universidade. A iniciativa tem o objetivo de propor novas contribuições para o universo acadêmico e profissional por meio da colaboração entre alunos e professores de Ciências Aeronáuticas. A expectativa é estimular …

0 11

Envie para um amigo: REDAÇÃO DO DIÁRIO O gerente geral do clássico Hotel Paradies, Walter Ogawa Silva é formado em administração de empresas pela FMU e em Direito pelo Centro Universitário do Planalto em Uberaba. Foi professor de Turismo pelo SESI, Secretário de Turismo e Esporte da cidade de Araxá (MG), gerente geral do Hotel Colombo de …

0 45

Fiscais do Ministério do Turismo realizam nesta semana a operação “Verão Legal 2018” para fiscalizar os meios de hospedagem da capital paulista. O objetivo é conferir se os prestadores de serviço estão devidamente registrados no Cadastur. A fiscalização será realizada em vários pontos da cidade a partir desta terça-feira (10), com apoio da Secretaria de …

0 9

Comentários