Embratur promove arte nacional no mercado britânico


“The Art of Diplomacy: BraziIian Modernism Painted for War” exposta também na sede da Embaixada

“The Art of Diplomacy: BraziIian Modernism Painted for War” exposta também na sede da Embaixada

Um dos critérios que influencia a escolha do turista do britânico em viagem ao Brasil é a oportunidade de vivenciar a cultura brasileira. De acordo com o perfil da Demanda Turística do Ministério do Turismo, 32,2% dos britânicos, que visitam o Brasil a Lazer, procuram o nicho cultural. Por isso, no último dia 7 de junho, o Instituto e a Embaixada do Brasil em Londres promoveram o seminário Art Tour in Brazil. O evento, realizado na sede da representação diplomática brasileira no país, contou com a participação de 62 representantes do trade e da imprensa britânica, além da equipe da Secretaria de Cultura e Turismo de Salvador.

Ao lado de Alex Robinson, escritor e fotógrafo de Londres, especialista em Brasil e detentor de prêmios por reportagens fotográficas de aventura e natureza, e da curadora de artes Clara Rocha, a representante do EBT Reino Unido apresentou destinos brasileiros que são ícones de arte no país. Os contemplados reúnem desde os sítios arqueológicos pré-históricos do Parque Nacional Serra da Capivara (PI), a arquitetura barroca de cidades coloniais como Salvador (BA), Ouro Preto e Congonhas do Campo (MG), até a arte brasileira contemporânea presente em Inhotim (MG) e no Instituto Ricardo Brennand, em Recife (PE), além do Museu de Arte (MASP) e a Pinacoteca do estado de São Paulo.

Segundo o coordenador-geral de Inteligência Competitiva e Mercadológica do Turismo, Alisson Andrade, a cultura brasileira está entre as principais preferências do turista britânico que viaja ao Brasil, dentro do segmento de Lazer.

“Por esse motivo, a Embratur tem buscado, junto às secretarias estaduais de turismo, por exemplo, levar às suas promoções internacionais ações que divulgam a cultura brasileira como atrativo turístico”, destacou.

A arte brasileira, embora menos conhecida internacionalmente que outras expressões artísticas como a música e a dança, também é marcada por características únicas resultantes da miscigenação de estilos que deram origem à rica cultura do país. Entre os grandes expoentes, merecem destaque nomes como Aleijadinho, Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Candido Portinari e Lasar Segall sendo que os dois últimos, presentes na exposição que se encontra aberta ao público, na Embaixada.

Fonte: Mercado & Eventos

Previous Operadores uruguaios conhecem o Rio Grande do Norte
Next Câmara dos Deputados deve votar hoje (12) projeto que beneficia o turismo

Suggested Posts

Peter Cerda, VP para as Américas, entre Carlos Ebner e Jason Sinclair, da IATA A Associação Internacional dos Transportes Aéreos (IATA), através do seu VP Regional para as Américas, Peter Cerda, veio a público manifestar sua opinião com relação a greve dos caminhoneiros que parou o Brasil. De acordo com a IATA, a crise também …

0 16

Rede será patrocinadora da 22ª Parada LGBT+ de São Paulo A AccorHotels celebra em 2018 uma série de compromissos do grupo com o público LGBT+, reforçando o respeito e a integração na sociedade. A rede hoteleira oficial da 22ª Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo recebeu este mês o selo Empresa Amiga da Diversidade …

0 11

Milagros Ochoa, diretora de Turismo do Escritório Comercial do Peru no Brasil. O Peru está em busca do turista de negócios. A ideia é promover viagens de incentivo e captar eventos internacionais. Para isso, o Ministério de Comércio Exterior e Turismo do Peru (Mincetur) vem desenvolvendo uma série de atividades estratégicas em diversos mercados internacionais, …

0 6

Comentários